O STF está abandonando Dilma Rousseff

Ao menos é o que diz o Estadão. O jornal entrevistou ministros próximos ao Palácio do Planalto. Um deles comentou reservadamente que o impeachment é um processo “sem volta”. Em suas palavras: “O trem saiu da estação”. Outro ministro avaliou que o impeachment “se dá pelo esfacelamento da base aliada diante da derrota do presidencialismo de coalizão na gestão Dilma”. Um terceiro ministro explicou que os grampos de Lula e Dilma Rousseff foram mantidos na Corte porque “há suspeita de irregularidades cometidas pela presidente, que tem prerrogativa de foro”. Os ministros do STF sabem perfeitamente que os petistas não vão sobreviver aos próximos delatores da Lava Jato.

Nenhum comentário: