Corinthians no Lava jato

Construção da Arena Corinthians foi paga com 'estrutura para pagamento de propinas' da Odebrecht.
A Operação Xepa - 26ª fase da Lava Jato - deflagrada nesta terça-feira (22), abre novas linhas de investigação do pagamento de propinas pelo Grupo Odebrecht em outras obras públicas, que extrapolam a Petrobras - foco inicial das investigações. 
As informações são da força-tarefa dessa operação, que concede nesta manhã, em Curitiba, entrevista coletiva para explicar a mais nova fase dessa operação, que é um desdobramento da 23ª fase, batizada de Acarajé e que teve como foco o marqueteiro do PT, João Santana, e sua mulher, Mônica Moura.

Nenhum comentário: