PT tenta emparedar Michel Temer

Temer afirmou um enigmático “espero que ao final deste processo, o país saia pacificado”. É o que lhe cabe dizer. Não dá para ir muito além disso. Paz, pra valer, sem grupos descontentes nas ruas, não haverá. A questão é avaliar se aqueles que protestam estão com a maioria ou com a minoria. Presidente e vice se encontraram nesta quinta. 
O ministro Jaques Wagner (Secretaria de Governo), numa ousadia que beira o absurdo, decidiu se comportar como porta-voz do peemedebista. Disse: “Assim como nós, Temer não vê nenhum lastro para esse processo de impeachment”. Até onde se sabe, o vice tem boca e pode falar por conta própria o que quiser, quando quiser.

Nenhum comentário: