Brasil no bico do corvo

Na esteira da pressão sobre a nota de crédito soberano, a avaliação das agências de risco das empresas nacionais dá a medida da rápida deterioração da economia brasileira. Um recorte apenas da S&P, a primeira a tirar o selo de bom pagador do Brasil, deixa clara a situação. Das 173 empresas avaliadas, mais de 50% já foram rebaixadas em 2015, algumas mais de uma vez.

Nenhum comentário: