A dengue em Maringá

Índice de infestação sobe para 3,2% e zika vírus preocupa.
Secretaria de Saúde No 4º Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (Lira), o Índice Geral de Infestação Predial do Município (IIP) ficou em 3,2%, acima do 1% recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), e configura Maringá como médio risco. O estado de alerta do município envolve agora, além da dengue, o risco da febre chikungunya e o zika vírus, doenças transmitidas pelo mesmo mosquito. O Lira foi divulgado nesta segunda-feira (7) pela Secretaria de Saúde.

Nenhum comentário: