PMDB vai se afastar do PT

A saída do vice-presidente Michel Temer da coordenação política do governo, já decidida mas não concretizada, marcará o afastamento político do PMDB do governo petista cujo enredo tem um final previsível, embora não certo: o impeachment da presidente Dilma Rousseff, e a assunção de Temer ao cargo de presidente do país. Assim como em relação a Eduardo Cunha, contra quem o governo Dilma resolveu disputar a presidência da Câmara, sem nenhuma necessidade ou possibilidade de vitória, também no caso do vice-presidente áulicos petistas anteciparam-se aos fatos e começaram a desestabilizá-lo na tarefa de coordenação política, mesmo quando não havia no horizonte a ideia do impeachment.

Nenhum comentário: