Após briga por tablet, adolescente mata avós e dois primos

Um crime brutal chocou os moradores da cidade de Marilândia do Sul, no norte do Paraná. Um adolescente, de 16 anos, confessou à polícia que matou os avós e dois primos, de 8 e 11 anos, na noite de quinta-feira (6), após brigar com a prima por um tablet. 
Os corpos foram encontrados na casa da família na sexta-feira (7) e enterrados na manhã deste sábado (8) no cemitério municipal. 
A Polícia Civil descobriu o crime após o jovem ser apreendido com uma arma de fogo pela Polícia Militar quando saía do colégio. Em depoimento, o menor confessou o crime e deu detalhes de como matou parte da família. Segundo o delegado Marcos Felipe da Rocha Rodrigues, o adolescente disse que tudo começou após se desentender com a prima de 8 anos. 

O menor agrediu a menina por causa de um tablet, a avó não gostou e repreendeu o jovem. Então, os dois discutiram e o menor matou a avó utilizando um martelo. Na sequência, o adolescente pegou um taco de beisebol e matou as crianças. “O avô não estava em casa. Assim que chegou tentou conversar com o neto, mas o adolescente, ainda em surto, matou o avô com uma ferramenta”, detalha Marcos Rodrigues. Rodrigues afirmou ainda que o jovem faz tratamento psiquiátrico há seis anos e parou de tomar os remédios dois dias antes de cometer os crimes. “Ele estava em surto psicótico quando matou os avós e os primos. Deixou de tomar os remédios controlados, e isso pode ter sido a causa de toda essa tragédia”, constata o delegado. Por medida de segurança, o adolescente foi transferido para outra delegacia. O delegado não revelou para qual cidade ele foi levado. Antes de serem enterrados, os corpos foram velados na Câmara Municipal de Marilândia do Sul.

Nenhum comentário: