Tudo como antes na terra dos Abrantes

A Câmara dos Deputados aprovou o destaque do DEM à proposta da reforma política e retirou do texto o mandato de cinco anos para deputados federais, estaduais e distritais, prefeitos, vereadores e senadores proposto pelo texto de primeiro turno. O texto não obteve 308 votos necessários para mantê-lo na redação final. Foram 294 votos a favor dos cinco anos e 154 contra. 
Com isso, permanece o tempo atual dos mandatos. Com a rejeição do novo tempo de mandato, caem ainda os mandatos de quatro anos nas eleições seguintes e o de nove anos para senador, ambos criados para fazer a transição que resultaria na coincidência de eleições gerais. (Rigon)

Nenhum comentário: