Prazo para a retirada de animais vai até 15 de junho

Depois de discutir o problema com outros setores da comunidade, colocar placas de alerta e promover ampla divulgação no Diário Oficial do Município e meios de comunicação, a Secretaria de Meio Ambiente iniciará na próxima semana a revitalização dos fundos de vale invadidos para a criação ilegal de animais. 
Segundo o secretário Umberto Crispim de Araújo, o prazo final foi estipulado para o dia 15 de junho. “Grande parte das 83 áreas invadidas já foi liberada graças à conscientização dos proprietários de animais quanto à ilegalidade e problemas que suas criações causam nos fundos de vale. Nós mostramos a eles e toda a comunidade o perigo das zoonoses para as populações próximas, a poluição dos cursos de água, a depredação das margens e da vegetação ribeirinha”, destacou. 

De acordo com o secretário, agora é a fase do trabalho. “Uma força-tarefa vai ajudar na retirada dos animais que porventura ainda estiverem nas áreas públicas e começaremos a replantar as matas ciliares, fazer o cercamento e implantar as calçadas ecológicas. Importante observar que contaremos inclusive com várias parcerias com empresários que pretendem participar dessas iniciativas de caráter ambiental, em defesa do meio ambiente”, concluiu. A partir da data fixada a equipe de fiscalização vai percorrer as áreas mapeadas para concluir o trabalho de desocupação, inclusive do desmanche de estruturas construídas ilegalmente. Nos casos em que encontrar animais, eles poderão ser apreendidos e até confiscados.

Nenhum comentário: