Bamerindus, HSBC e agora Bradesco ou Santander

O HSBC já tem sobre a mesa propostas de compra para sua unidade brasileira. Pelo menos duas foram apresentadas, segundo o jornal Valor Econômico: pelo Bradesco e pelo Santander. A venda da unidade brasileira foi anunciada oficialmente há duas semanas. A direção do HSBC divulgou um comunicado em que dizia estar “explorando várias opções estratégicas”, entre elas vender sua estrutura no país, cuja sede está em Curitiba. 
A venda vem sendo conduzida pelo Goldman Sachs, que consultou mais de dez possíveis interessados. Desde o início das especulações sobre a venda, o Santander apareceu como o principal interessado. O banco espanhol tem sobra de caixa, mas ainda está longe dos quatro maiores bancos comerciais do país em valor de ativos. Com a aquisição, ficaria mais próximo do Bradesco – que também demonstrou interesse para poder se aproximar do Itaú, líder entre os bancos privados do país, da Caixa e do Banco do Brasil.

Nenhum comentário: