Seria o fim do PT ?

A cúpula do PT teme que o funcionamento do partido seja inviabilizado pela multa “astronômica” que deve receber para ressarcir os cofres públicos pelos desvios na Petrobras. O valor deve ficar entre US$ 150 milhões e US$ 200 milhões, calcula. A quantia equivale ao total citado em delação por Pedro Barusco, ex-gerente da petrolífera, como propina paga à sigla e ao seu então tesoureiro, João Vaccari Neto, entre 2003 e 2013. O dinheiro saiu dos 90 maiores contratos da empresa.

Nenhum comentário: