Maringá FC perde nos pênaltis para o Londrina e fica fora da semi-final

Londrina e Maringá escrevem a cada partida uma nova história de rivalidade em campo. Depois de decidir o Paranaense de 2014, os dois times fizeram um jogo eletrizante nesta quarta-feira para definir um dos semifinalistas. Precisando reverter um placar de 2 a 1, o Tubarão entrou com três atacantes. 
O Maringá surpreendeu e não usou Barcos e Santiago (artilheiro da equipe), mas veio com uma equipe rápida em campo e que pressionava desde o início. Fez o seu que foi anulado pelo árbitro. Um minuto depois, Rone Dias abriu o placar para o Tubarão, que segurava a decisão por pênaltis. Mas, com um a menos, o Tubarão se segurou como pôde, viu o Maringá empatar, e um gol de raça de Diogo Roque fechou o placar e mandou o jogo para os pênaltis. Na cobrança, Max mandou na trave a última cobrança e a festa ficou para o Londrina.

Nenhum comentário: