Caminhoneiros poderão voltar a greve

Terminou sem acordo a reunião entre caminhoneiros e governo para tratar da tabela mínima de frete. Aos gritos de “O Brasil vai parar”, eles se retiraram do auditório da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) na tarde desta quarta-feira, onde as lideranças da categoria estavam reunidas com os ministros Miguel Rossetto, da Secretaria-Geral da Presidência da República, e dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues. Os líderes prometeram que a greve nas rodovias em todo o país será retomada a partir da zero hora desta quinta-feira, dia 23. Em fevereiro, eles bloquearam as estradas durante vários dias. 
O representante dos caminhoneiros da região Centro-Oeste, Gilson Baitaca, afirmou que a categoria está preparada para começar as paralisações a partir da zero hora desta quinta-feira.

Nenhum comentário: