Unidades Básicas de Saúde definem calendário de vacinação contra febre amarela

As Unidades Básicas de Saúde definiram um calendário de vacinação para a febre amarela, devido o atraso na distribuição e o repasse apenas de frascos com 10 doses, que precisam ser administradas no prazo de quatro horas. A estratégia é garantir o uso de todas as doses e oferecer a imunização das pessoas que precisam da proteção contra a febre amarela. 
A Secretaria de Saúde orienta que quem precisa da vacina busque informação na UBS para saber o dia definido para a imunização. Outro esclarecimento sobre a vacina da febre amarela, é que a dose única, em substituição à válida por 10 anos, só entra no esquema vacinal em julho de 2016. Portanto a pessoa que foi imunizada para a emissão do Certificado Internacional de Vacinação há 10 anos precisa de outra dose para viagens a algumas regiões do Brasil e outros países. 

A vacina tetra viral, que não está sendo entregue à Secretaria de Saúde, teve a aplicação suspensa, sem previsão para ser normalizada. Pais com crianças em idade para a vacina tetra viral devem procurar uma UBS e deixar o nome e contato para assim que as doses chegarem as crianças serem imunizadas. Quanto à vacina contra hepatite A, os lotes estão chegando em volume menor que o normal, mas continua sedo realizada pelas UBS, priorizando as crianças com mais de um ano e seis meses que já estão na lista de espera. As demais vacinas continuam sendo oferecidas normalmente. A Secretaria de Saúde esclarece que a responsabilidade pelo fornecimento das vacinas é do Ministério da Saúde, que repassa os lotes ao Governo do Estado, que por sua vez entrega aos municípios. As Secretarias Municipais tem a reponsabilidade de fornecer seringa, agulha, salas adequadas, pessoal capacitado e gerar informações para o sistema nacional. Em anexo, confira o dia da semana que a UBS de sua região está oferecendo a vacinação contra a febre amarela.

Nenhum comentário: