SeMulher realiza palestra na Rede Feminina de Combate ao Câncer

A Semulher realizou nesta terça-feira (31), mais um trabalho de sensibilização, desta vez com o grupo socioeducativo da Rede Feminina de Combate ao Câncer. A palestra ministrada pela gerente do Programa de Combate a Violência Contra a Mulher, Juciana Correa de Souza, alertou os participantes sobre a importância de denunciar e buscar ajuda nos casos de violência doméstica.
“Nosso objetivo com essas palestras é falar sobre o que é e as formas da violência, e porque ela não pode existir. Também falamos sobre a rede de atendimento que existe em Maringá como, por exemplo, o CRAMM e a Casa Abrigo. Nossa cidade é rica em políticas públicas no combate à violência contra a mulher”, conta Juciana. 

No ano passado, a SeMulher promoveu mais de 50 palestras em empresas, entidades assistenciais, e nas Unidades Básicas de Saúde. “A equipe da SeMulher recebe muitos convites para dar palestras e falar sobre os serviços prestados pela pasta. Nossa intenção é informar o maior número de pessoas sobre o atendimento e ações de proteção à mulher, desenvolvidas no município”. A assistente social da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Suellen Galvan, contou que o grupo resolveu convidar a equipe da SeMulher para dar a palestra em função da comemoração ao mês da Mulher e por se tratar de um assunto importante. “A Rede Feminina é parceira da SeMulher em outras atividades e esse ano pedimos para que a equipe viesse falar sobre a violência e os serviços de proteção oferecidos em Maringá. A violência é um tema que temos que abordar, porque infelizmente muitas mulheres passam por isso e não sabem a quem recorrer”.

Nenhum comentário: