O PT recebia dinheiro da corrupção em seu escritório e no exterior

O doleiro Alberto Youssef afirmou, em depoimento na Justiça Federal nesta terça-feira (31-03-15), que as empreiteiras Odebrecht e Brasken depositavam as propinas relativas ao esquema de corrupção da Petrobras no exterior. O doleiro também afirmou ter entregado, a pedido de fornecedoras da estatal, propina em dinheiro no seu escritório, na Zona Sul de São Paulo. Os recursos teriam sido usados para alimentar as contas do PP e do PT. Youssef disse ainda que fez pagamentos na porta do diretório nacional do PT em São Paulo.

Nenhum comentário: