Caso do acidente com ônibus de União da Vitória

O motorista do ônibus que despencou no último sábado na Serra Dona Francisca, em Joinville, em Santa Catarina, Cérgio Antônio Costa, também morto no acidente, respondia a dois processos por crimes de trânsito. Um deles por homicídio culposo (quando não há intenção de matar), pelo atropelamento de Size Brittes, de 81 anos, em União da Vitória, no Paraná, onde morava. Em outro processo criminal, que já estava na fase final, Cérgio foi acusado de embriaguez ao volante, na cidade de Porto União (SC).

Nenhum comentário: