Calote na agricultura

O governo Dilma não pode continuar dando calote nos produtores rurais do País. A crítica foi feita pelo senador Alvaro Dias na sessão plenária desta terça-feira (17), ao destacar carta que recebeu do presidente da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP), Ágide Meneguette, em que são relatados os riscos que correm os produtores rurais brasileiros de não terem acesso ao seguro rural este ano. Segundo afirma o presidente da FAEP, o governo federal ainda não liberou os recursos e nem definiu as regras de acesso ao Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR), coordenado pelo Ministério da Agricultura, e sem a subvenção os seguros são inviáveis pelo custo inacessível das taxas de prêmio. Dessa forma, relatou o senador, o mercado de seguro rural está paralisado no Brasil.

Nenhum comentário: