Ambrósio Brambilla comenta

Neste momento político do Brasil, quem ficar em cima do muro vai levar pedrada dos dois lados. O Brasil saiu das urnas dividido, ou "furtado nas urnas", a candidata Dilma do PT mentiu durante a campanha e por conta disso perdeu credibilidade. 
O que se esperava de um governo pós-eleições, é que ele pudesse unir o povo numa só voz. Porém, o governo do PT e seus eleitores continuam a provocar uma outra parte, que de opositores passaram a descontentes e revoltados.
A manifestação mostrou neste dia 15, e não foi brincadeira, 2 milhões de verde-amarelos nas ruas. 
O que mais tenho lido daqueles que ainda defendem a política do PT, é que a reforma política resolveria esta crise imoral. Nada disso. Nem colocar Beto Richa ou Ricardo Barros como desculpas acalmariam os revoltados.
A crise maior está por vir, visto a dificuldade de se achar um nome que possa unir todos os Brasileiros para um futuro de paz. Tem um ditado antigo que diz: "Se não for meu amigo estará contra mim". Precisamos mais que brigas por posição, de um consenso de paz política. Acredito, que somente uma terceira via no poder solucionará a crise política no Brasil. Quem ?? quem será este nome ? Talvez Joaquim Barbosa, Ambrósio Brambilla ??

Nenhum comentário: