Brambilla leva Ulisses Maia e mais 3 blogs de Maringá na justiça

Desde que não aceitou coordenar a campanha do pré-candidato a prefeito Ulisses Maia, Ambrósio Brambilla foi perseguido pelo mesmo. (assédio moral dentro da Câmara Municipal).
E após entrar como assessor do vereador Jones Dark na Câmara de Maringá, Brambilla foi avisado pelo vereador Jones Dark que Ulisses o teria falado "ou tira o Brambilla da sua assessoria ou vou acabar com vocês dois".
Assim fez Ulisses Maia, que arquitetou um saco de maldade contra Brambilla e o vereador Jones Dark.
Primeiro Ulisses trouxe numa sessão da Câmara o rapaz Adriano Reis, sua esposa, Adilson Costa e mais um rapaz, no qual chamaram o Brambilla numa sala particular e começaram as ameaças, assim:
Disse Adilson Costa muito nervoso, do partido PDT de Ulisses Maia para o Brambilla: "O seu vereador não presta, veja bem pra quem você Brambilla está trabalhando", "Fui eu que fiz o Jones Dark, e veja, hoje ele está rico e eu não tenho nada". " Ele também vai te usar como me usou", "Vou dar um tiro de 12 bem no peito dele". "Vou tomar a chácara do vereador, ela vai ser minha ainda". "Se você não acertar para nós, e nos der dinheiro, vamos acabar com ele e com você". Vamos colocar tudo nos blogs de Maringá". "ainda vou trazer mais duas pessoas aqui na Câmara e você Brambilla, vai ver quem é o seu vereador". Vamos acabar com ele.
Brambilla não sabia o que estava acontecendo, sobretudo, porque estava apenas a poucos dias como assessor do vereador Jones Dark, mas se propôs a ajudar Adriano Reis que reclamava de ter perdido um benefício do INSS, quando trabalhou na campanha de deputado em 2014 para Jones Dark. Disse Adriano: eu perdi o benefício porque não poderia estar registrado. Coisa que o vereador não tem culpa, pois ele não sabia disso quando te contratou, disse o Brambilla.
Após o término da conversa nesta sala, os 4 elementos saíram a procura de outros vereadores e continuaram as ameças contra o vereador Jones Dark.
Após ser informado das referidas ameaças, o vereador Jones Dark foi até a delegacia e abriu um Boletim de Ocorrência.
Não bastando a primeira confusão na Câmara, o sr: Adriano Reis, agora usado e abandonado pela turma do Ulisses, voltou em mais 3 sessões, onde deu entrevista em vídeo para os blogs da turma do Ulisses Maia. O blog do sr: Agnaldo Vieira, o qual tem sua namorada assessorando na Câmara para Ulisses Maia, fez uma entrevista tendenciosa e mais uma vez armou para o vereador Jones Dark.
Assim, foi republicado nos blogs de Adilson Costa e Lauro Barbosa, que fazem o trabalho de Ulisses Maia. E outras mídias de Maringá.
Neste meio de tempo, o gabinete do vereador Jones Dark recebia telefonemas destes Blogs, onde pediam dinheiro para parar a publicação. Porém, a resposta e entendimento da sua assessoria era de não submeter a estes chantagistas.
Por fim, acuado e nervoso, nesta terça-feira (23-05-16) o vereador Jones Dark chegou no seu assessor Ambrósio Brambilla, explicou a situação de que o Ulisses Maia já tinha pedido a ele, que o demitisse, e por entendimento deixou de ser assim assessor, sem ter feito nada de errado, ou seja, pelo simples fato de não ter aceito ser coordenador de campanha de Ulisses Maia. 
Diante disso, Brambilla está levando a justiça: Ulisses Maia e todos os seus cúmplices. Lauro Barbosa, Agnaldo Vieira, Adilson Costa e Adriano Reis. Quer ressarcimentos por ter perdido o emprego, quer justiça a perseguição de todos os blogs e pessoas envolvidas neste caso.
Tem mais, Ulisses frequentemente passava pelo corredor em frente ao gabinete do vereador Jones Dark e falava alto e bom som para o Brambilla ouvir "esse gabinete mais parece um terreiro, palavras que o mesmo disse em uma sessão na câmara (gravado), dia em que os alunos do colégio Marista visitaram a Câmara Municipal.
Discriminação racial, assédio moral e mais assédio, suspeita de compra de livros superfaturados, (quando Ulisses era presidente da Câmara) são elementos que Ulisses Maia deverá responder na justiça e no plenário da Câmara Municipal.
Brambilla quer a cassação do vereador Ulisses Maia.

Brambilla vai pedir também a CPI dos Blogs, de quando Ulisses Maia foi presidente da Câmara, ele armou um esquema com uma dezena de blogueiros de Maringá, distribuindo dinheiro da Câmara Municipal para que esses ficassem a mercê do seu domínio, ou seja, os mesmos que são usados até hoje para atacar e intimidar pessoas, produzir notícias falsas e tendenciosas, mexer com a dignidade de pessoas e políticos, simplesmente por interesses do vereador Ulisses Maia, sobretudo, para segurar uma notícia ruim, quando no caso de um suposto superfaturamento na compra de livros de uma editora.
Na época do Ulisses presidente, era distribuído 5 mil para um blog, 4 mil para outro, 3 para outro, e assim ficou por 2 anos até que a presidência da Câmara foi assumida pelo vereador Chico Caiana, que junto do seu diretor de comunicação cortou de imediato essas verbas...
Destes blogueiros que Ulisses pagava com o dinheiro da Câmara, um deles sabendo que foi cortado a verba pelo atual Presidente Caiana, foi a rede social e xingou, ameaçou e mexeu profundamente com o psicológico do diretor de Comunicação da Câmara. Um estrago incalculável.
Brambilla que estudou por 2 anos, política, redes sociais e democracia, e através da Fiep rodou o Brasil, acredita que em Maringá existe um abuso nas redes, que apavora e deixa indefeso pessoas que não tem onde recorrer, no caso de citação indevida de seus nomes nas redes.
Brambilla vai a promotoria denunciar e buscar leis que possam punir exageros postadas nas redes, e quer um pronunciamento formal e legal dos procuradores da justiça, especificamente no que diz respeito a política, sobretudo em comentários maldosos de anônimos em blogs e fakes.

(continua amanhã)

Transporte escolar e a segurança dos transportados

A equipe Secretaria de Trânsito e Segurança (Setrans) se reuniu nesta quarta-feira (25) com representantes de empresas e motoristas do transporte escolar – vans e micro-ônibus para tratar da segurança dos transportados. O secretário Fábio Ribeiro explicou que a pasta já havia analisado os itens de segurança e pensado na possibilidade de exigir um monitor e trava nos veículos. “Estávamos estudando essa questão e neste mês foi registrado um incidente, por isso marcamos essa reunião para conversar com os motoristas do transporte escolar e representantes das empresas desse ramo para avisar das novas medidas de segurança que deverão ser adotadas”. 

Secretaria de Saúde confirma duas mortes por gripe A

A Secretaria Municipal de Saúde informa que, nesta terça-feira (17), outras duas mortes por consequência do vírus H1N1.
Foram confirmadas no município. 
Paciente: 1 Sexo: Feminino Idade: 35 anos Data do óbito: Março/2016 Outras doenças: Obesidade 
Paciente 2 Sexo: Feminino Idade: 61 anos Data do óbito: Março/2016 Outras doenças: Doença Pulmonar Crônica/Tabagista.

Sai Ricardo Barros entra Professor Sérgio

O suplente Professor Sérgio de Oliveira (PSD) assume até esta terça-feira, 16, a vaga de Ricardo Barros (PP), atual ministro da Saúde, na Câmara dos Deputados. O deputado tem base eleitoral em Foz Iguaçu. “Só estou esperando dar quórum no plenário para que eu possa assumir entre hoje (segunda-feira) e amanhã (terça-feira)”, disse ao blog. Professor Sérgio já assumiu por duas vezes a Câmara dos Deputados na condição de suplente.

Supremo quer julgar Temer

O ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello liberou para julgamento no plenário da corte o mandado de segurança que pede a abertura do processo de impeachment do presidente interino Michel Temer na Câmara dos Deputados. Com a decisão, o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, deve agora marcar a data da sessão para discutir a ação.

Prefeito determina prioridade nas ações de prevenção do vírus H1N1

Em virtude da confirmação de sete casos do vírus H1N1 e 150 notificações até o dia primeiro deste mês, o prefeito Roberto Pupin se reuniu nesta terça-feira (5) com secretários municipais para tratar das ações de prevenção da gripe A, uma preocupação nacional. Pupin determinou que as Secretarias adotem ações imediatas de prevenção e cuidados. “Precisamos trabalhar com campanhas de prevenção para evitar que os números confirmados do H1N1 aumentem consideravelmente. Vamos procurar firmar parcerias com as instituições de ensino superior que oferecem cursos da área de saúde para promover atividades nos locais onde há maior aglomeração de pessoas, como é o caso do terminal urbano e das feiras livres”. O prefeito falou sobre a possibilidade de antecipar o calendário vacinal e a distribuição dos panfletos informativos referentes à doença.

Saque na poupança é recorde

No primeiro trimestre, os saques da caderneta de poupança somaram 24,05 bilhões de reais, sendo saldo negativo de 21,441 bilhões de reais via Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) e de 2,609 bilhões de reais da poupança rural. O volume de saques foi o mais elevado para o período em 21 anos, informou o Banco Central nesta quarta-feira.

Sílvio Barros esclarece

A respeito da decisão do juiz da 2ª Vara de Fazenda Pública, Nicola Frascati Junior, disponibilizada nesta terça-feira (5), sobre a aquisição de livros didáticos para rede de ensino municipal, Silvio Barros esclarece que: - Em 2009 a prefeitura, com respaldo legal, fez a compra direta de 17.759 livros didáticos diretamente da Editora Globo, dona exclusiva dos direitos autorais das publicações; - Por solicitação do Observatório Social, argumentando que a prefeitura poderia comprar mais barato, a prefeitura devolveu os livros à Editora e realizou processo licitatório para aquisição do mesmo material; - Todavia, a empresa vencedora da licitação não conseguiu entregar os livros exigidos no edital pelo preço que ela mesma propôs, e requisitou a desistência da venda; - Por isso, em 2010, para garantir os livros nas escolas a prefeitura retomou a compra direta com a Editora Globo; -

Prefeitura desmente vereador Ulisses Maia

Ao contrário das informações que vem sendo veiculadas nas redes sociais pelo vereador Ulisses Maia, a Prefeitura de Maringá esclarece que o decreto nº 406/2016 está em vigor desde o dia 21 de março. O decreto congela o salário do prefeito, do vice-prefeito, dos secretários municipais e demais ocupantes de cargos comissionados. Por desconhecimento, despreparo ou motivo de outra natureza o vereador divulgou em suas redes sociais que proporia o congelamento do salários dos vereadores, do prefeito, vice-prefeito e demais cargos comissionados, sendo que da parte da Prefeitura esta ação já está vigente mediante decreto, que pode ser consultado em anexo. Além do mais, o vereador recebeu e votou nas sessões do último domingo (3) e segunda-feira (4) a mensagem de lei que concedeu o reajuste aos servidores municipais, onde consta que receberão o benefício apenas os “servidores públicos municipais, compreendendo os servidores efetivos ativos, inativos, pensionistas, empregados públicos, da Administração Pública Municipal”. Portanto, excluída da lei a reposição dos subsídios do prefeito, vice-prefeito e secretários, e a remuneração dos cargos em comissão.

Panama Papers na Petrobrás

As informações, chamadas de Panama Papers, foram inicialmente obtidas pelo jornal alemão Süddeutsche Zeitung e compartilhadas por um consórcio de jornalistas de vários países. No Brasil, participam repórteres do portal UOL, do jornal Estado de S. Paulo e da Rede TV. A investigação aponta que a Mossack Fonseca criou offshores para pelo menos 57 pessoas suspeitas de participar do esquema de corrupção na Petrobras.

O STF está abandonando Dilma Rousseff

Ao menos é o que diz o Estadão. O jornal entrevistou ministros próximos ao Palácio do Planalto. Um deles comentou reservadamente que o impeachment é um processo “sem volta”. Em suas palavras: “O trem saiu da estação”. Outro ministro avaliou que o impeachment “se dá pelo esfacelamento da base aliada diante da derrota do presidencialismo de coalizão na gestão Dilma”. Um terceiro ministro explicou que os grampos de Lula e Dilma Rousseff foram mantidos na Corte porque “há suspeita de irregularidades cometidas pela presidente, que tem prerrogativa de foro”. Os ministros do STF sabem perfeitamente que os petistas não vão sobreviver aos próximos delatores da Lava Jato.

Acordo põe fim à greve dos servidores municipais

Em reunião neste sábado (2) no Paço Municipal, representantes da Prefeitura, comissão de negociação do Sindicato dos Servidores Municipais de Maringá (Sismmar), Associação dos Funcionários Municipais de Maringá (AFMM) e Câmara Municipal entraram em acordo celebrando o fim da greve municipal. 
Participaram do fim das negociações o chefe de Gabinete, Luiz Carlos Manzato; o coordenador do Programa Pró-Cidades, Leopoldo Fiewski, o procurador municipal, Daniel Romaniuk; o presidente da AFMM, Marcelo Mazarão; a presidente do Sismmar, Iraídes Baptistoni. Também acompanharam as negociações o presidente da Câmara, Chico Caiana, os vereadores tenente Edson Luiz, Jones Dark, Flávio Vicente, Belino Bravin, Humberto Henrique, Ulisses Maia, Luciano Brito, Mário Verri, Luiz Pereira, Carlos Eduardo Sabóia e Márcia Socreppa. 

Prefeitura de Maringá estuda ampliar impostos para atender servidores

A Prefeitura de Maringá estuda aumentar impostos no município para fazer caixa e atender ao pedido de reajuste salarial dos servidores públicos, em greve há quatro dias, de acordo com o chefe do gabinete municipal, Luiz Carlos Manzato. A proposta, elaborada pelo sindicato que representa a categoria e vereadores, em reunião na manhã desta sexta-feira (1º), é de oferecer 4% de reajuste neste momento e o restante dividido em cinco parcelas, a partir de julho, sem retroativo. Segundo Manzato, a Câmara de Vereadores se comprometeu com a prefeitura a autorizar aumento na taxa de iluminação pública, no Imposto Sobre a Transmissão de Bens Movéis (ITBI) e no Imposto sobre Serviços (ISS). "Nós temos que tirar dinheiro de algum lugar para pagar essa conta. Então, todo mundo tem que se comprometer. O município vai fazer uma análise neste momento, inclusive analisando os aumentos de tributo, para que se chegue em um número possível para conceder esse reajuste", afirma o chefe de gabinete.

A dengue em Maringá

Casos de dengue, chikungunya e zika vírus registrados pela Secretaria de Saúde até sexta-feira, 1º de abril.
DENGUE NOTIFICADOS - 4.537 CONFIRMADOS - 644 CHIKUNGUNYA NOTIFICADOS - 40 CONFIRMADOS - 03 ZIKA NOTIFICADOS - 65 CONFIRMADOS - 16

Os vermelhos contra o Moro

Deputados do PT e do PCdoB protocolaram no CNJ uma representação contra Sérgio Moro por ter grampeado o escritório de Roberto Teixeira, compadre de Lula. Assinam o documento, segundo o Estadão, Afonso Florence (PT-BA), Jandira Feghali (PCdoB-RJ), Henrique Fontana (PT-RS), Paulo Pimenta (PT-RS), Paulo Teixeira (PT-SP), Pepe Vargas (PT-RS), Rubens Pereira Junior (PCdoB-MA) e Wadih Damous (PT-RJ). Alegam que houve violação do sigilo da comunicação entre advogado e cliente. Os digníssimos parlamentares também ligavam para Teixeira?

Crise no setor automobilístico

A venda de veículos novos terminou março com queda de 23,59% em relação a março do ano passado, informou nesta sexta-feira, a Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Foram 179.294 unidades comercializadas no terceiro mês de 2016, incluindo automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus.

Bandeira verde

As contas de luz ficam um pouco mais baratas a partir desta sexta-feira (1º). Isso porque, com a entrada em vigor da bandeira tarifária este mês não haverá custo adicional para os consumidores. Até março, estava em vigor a bandeira amarela, que estabelece uma cobrança extra de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) de energia consumidos.

Silvio Barros volta ao PP para disputar a prefeitura de Maringá

Silvio Barros retorna ao Partido Progressista (PP) nesta quinta-feira (31). As direções nacional e estadual da legenda asseguraram apoio para a disputa a eleição de prefeito de Maringá. Pela legenda Silvio Barros foi prefeito da cidade por dois mandatos consecutivos (2015 - 2012) e terminou a gestão com aprovação de cerca de 80 % da população. Atual secretário do Planejamento do Governo do Estado, Silvio Barros, deve se desincompatibilizar do cargo em breve para se dedicar integralmente a pré-campanha. Silvio estava sem partido desde janeiro quando pediu desligamento do PHS.

Comandante da Força Nacional diz que Dilma não tem escrúpulos

Algo muito grave está acontecendo no comando da Força Nacional de Segurança, que perdeu seu terceiro comandante em menos de um ano. O último foi o coronel Adilson Moreira, que ficou no cargo apenas 45 dias. 
No texto, ele diz que pediu demissão por "conflito ético", se disse envergonhado e acusou o governo, Dilma inclusive, de não ter escrúpulos. "Não está interessada no bem do país, mas em manter o poder a qualquer custo." "Minha família exigiu minha saída, pois não precisa ser muito inteligente para saber que estamos sendo conduzidos por um grupo sem escrúpulos, incluindo aí a presidente da República. Me sinto cada vez mais envergonhado. 
O que antes eram rumores, se concretizaram. A nossa administração federal não está interessada no bem do país, mas em manter o poder a qualquer custo. Como o compromisso era de não causar solução de continuidade, solicitei para a secretária apontar em alguns dias um substituto." (o Antagonista)

Carlão de Lobato vira nome de Rodovia Estadual

Na sessão plenária desta quarta-feira (30/03), na Assembleia Legislativa do Paraná – Alep, os parlamentares aprovaram, por unanimidade, o projeto de lei de autoria do Deputado Tiago Amaral, que denomina de Antônio Carlos Rodrigues, o Carlão de Lobato, a rodovia PR 461, no trecho que liga as rodovias PR 458 e PR 463, no município. carlão “Carlão” dedicou a sua vida à população do município, onde sempre morou e somou esforços em busca de melhorias para a cidade. Foi prefeito de Lobato nos períodos de 1989 a 1992 e 1997 a 2000. Na vida pública, também ocupou cargos de secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Lobato e assessorou o deputado federal Luiz Nishimori no período de 2005 a abril de 2014, quando faleceu em um acidente automobilístico na PR 463.

Dilma tem 10% no Ibope

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (30) mostra os seguintes percentuais de avaliação do governo da presidente Dilma Rousseff (PT): - Ótimo/bom: 10% - Regular: 19% - Ruim/péssimo: 69% - Não sabe: 1%.

A greve e os servidores

Segundo balanço divulgado pela Prefeitura no final da tarde desta terça-feira (29), a maioria dos servidores optou por manter o atendimento à população. Além de todos os setores do Paço Municipal, mais de 300 próprios públicos nas áreas de Saúde, Assistência Social e Cidadania, Trânsito e Segurança, Recursos Materiais e Logística, da Mulher, Cultura e Esportes funcionaram normalmente.  

Governo vira uma balcão de negócios

Luiz Inácio Lula da Silva, um homem sem cargo na Esplanada dos Ministérios, a comandar essa reação. Isso, por si só, é evidente, é um atentando contra a probidade administrativa. Notem: Lula não foi nomeado nem sequer assessor especial da presidente Dilma. Não obstante, ocupa um quarto de hotel que se tornou local de romaria de interessados em trocar um voto em favor do impeachment por um ministério ou uma sinecura qualquer. Afinal, a debandada do PMDB pode abrir ao menos 800 vagas. Dado o padrão da moralidade nacional, vocês já viram para onde vai isso.

Juros subindo e empresas quebrando

A taxa média de juros cobrada pelos bancos nas operações com cheque especial ficaram em 293,9% ao ano em fevereiro, o maior desde julho de 1994, quando os juros médios cobrados nessa categoria também estavam em 293,9%. Na comparação com janeiro, houve avanço de 1,6 ponto porcentual, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo Banco Central (BC). Nos últimos 12 meses, o avanço foi de 79,7 pontos percentuais. O cheque especial cobra uma das taxas de juros mais caras do mercado e só deve ser uusado em momentos de emergência e por um curto período.